Justiça News

Janot lança livro em Brasília sobre período em que comandou PGR

O ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot lançou nesta terça-feira (8) em Brasília o livro “Nada menos que tudo – Bastidores da operação que colocou o sistema político em xeque”, publicado pela Editora Planeta.

O evento ocorreu na Livraria Leitura do shopping Pier 21. Segundo a livraria, 220 exemplares foram vendidos no local até as 20h – o balanço definitivo deve ser fechado na quarta (9).

Janot chegou ao shopping por volta de 19h10. Às 19h30, uma fila grande de pessoas se formou.

Quem chegou por volta desse horário esperou cerca de uma hora para cumprimentar o ex-procurador-geral. O público era, na maioria, formado por advogados e servidores da PGR.

O ex-procurador não quis conceder entrevista aos jornalistas que acompanhavam o lançamento do livro.

Trecho polêmico

Em um trecho do livro, Janot revela que, quando estava à frente da Procuradoria Geral da República, entrou armado no Supremo Tribunal Federal (STF) com a intenção de matar um ministro. Depois, em entrevista, revelou que se tratava de Gilmar Mendes.

A entrevista gerou repercussão a ponto de a Polícia Federal cumprir mandados de busca e apreensão na casa e no escritório de Janot.

A operação foi determinada pelo ministro Alexandre de Moraes no inquérito que apura ofensas, ameaças e informações falsas contra ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

Notícias Relacionadas
Justiça News

Senado pode votar pacote anticrime e projeto da segunda instância na semana que vem

Justiça News

Esquema milionário em Roraima e Venezuela contrabandeava ouro para Índia e Emirados Árabes

Justiça News

Governo blinda contra bloqueios 73 ações do Orçamento de 2020

Brasil - Andréia SadiJustiça News

Cúpula do PSL quer Joice Hasselmann na liderança do partido na Câmara

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *